Rádio Hinos Inspirados


segunda-feira, 12 de setembro de 2016

A HISTÓRIA DA CRUZ

“A Cruz é a base. O ponto de partida e a pedra de toque da jornada cristã”.

Descubramos as riquezas da Cruz tomando como base o hino 350 da Harpa Cristã - A História da Cruz. Maravilhemo-nos com a maravilha poética, teológica e bíblica de um dos mais belos hinos do hinário oficial das Assembleias de Deus do Brasil.




1ª estrofe
Tens tu lido a história da dura Cruz, na qual Jesus morreu
Porque nada me propus saber entre vós, senão a Jesus Cristo, e este crucificado”. 1Co 2.2

Desfazendo as trevas raiou a luz, manando o sangue Seu?
e, tendo despojado os principados e potestades, os exibiu publicamente e deles triunfou na mesma Cruz”. Cl 2.15
Logo muito mais, sendo agora justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira”. Rm 5.9


Refrão
Jesus padeceu na Cruz por ti; Jesus padeceu na Cruz!
Oh! Grande amor do Salvador morrendo na cruz por mim!

Pois, quando ainda éramos fracos, Cristo morreu a seu tempo pelos ímpios. Mas Deus dá prova do seu amor para conosco, em que, quando éramos ainda pecadores, Cristo morreu por nós. Porque se nós, quando éramos inimigos, fomos reconciliados com Deus pela morte de seu Filho, muito mais, estando já reconciliados, seremos salvos pela sua vida”. Rm 5.6,8,10

 2ª estrofe
Tens tu lido que Cristo não se queixou, no lenho, em grande dor
Ele foi oprimido e afligido, mas não abriu a boca; como um cordeiro que é levado ao matadouro, e como a ovelha que é muda perante os seus tosquiadores, assim ele não abriu a boca”. Is 53.7

Mas ao Pai o perdão 'inda suplicou pra o povo pecador?
Jesus, porém, dizia: Pai, perdoa-lhes; porque não sabem o que fazem”. Lc 23.34a


3ª estrofe
Tens tu lido que Cristo salvou, por fim, na cruz, um malfeitor?
Que sofrendo na cruz Lhe rogou: ''De mim, ó lembra-Te, Senhor''?

Pois, quando ainda éramos fracos, Cristo morreu a seu tempo pelos ímpios”. Rm 5.6
Então disse: Jesus, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino. Respondeu-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso”. Lc 23.42,43


4ª estrofe
Tens tu lido que Cristo exclamou na cruz: ''Eis consumado está''.
Então Jesus, depois de ter tomado o vinagre, disse: está consumado. E, inclinando a cabeça, entregou o espírito”. Jo 19.30

“Tetélestai” era uma palavra usada por servos, sacerdotes e artistas, mas os mercadores também a empregavam. Para eles, o termo significava “a dívida está completamente paga”. Se você comprasse algo “a prazo”, quando fizesse o último pagamento, o negociante lhe daria um recibo com a palavra “tetelestai”, ou seja, “quitado”. O débito fora totalmente pago.

Os pecadores incrédulos têm uma dívida com Deus e não podem pagar a conta. Por terem quebrado a lei de Deus, estão falidos e impossibilitados de quitar essa dívida. Mas Jesus pagou-a quando morreu na cruz. É isso que “tetélestai” significa: a divida foi paga, ela permanece paga e estará paga para sempre (Cl. 2.14-15). Nossa dívida com Deus era infinita. Jamais poderíamos saldá-la. Todos estamos aquém das exigências da lei. Ela requer perfeição, e nós somos imperfeitos. Nada que seja contaminado pode entrar no céu (Ap. 21.27).
 
Contudo, o que não podíamos fazer, Jesus fez por nós. Em Cristo, ficamos quites com a lei de Deus; as demandas da justiça divina foram satisfeitas. O sangue de Jesus nos justificou. Agora já não há mais nenhuma condenação para aqueles que estão em Cristo Jesus. Jesus se fez pecado por nós para que fôssemos feitos justiça de Deus”. *

Foi por mim, foi por ti, que morreu Jesus. Aceita Cristo já!
pois isto é o meu sangue, o sangue do pacto, o qual é derramado por muitos para remissão dos pecados” Mt 26.28
E como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado; para que todo aquele que nele crê tenha a vida eterna. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”. Jo 3.14-16
O céu e a terra tomo hoje por testemunhas contra ti de que te pus diante de ti a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua descendência”. Dt 30.19
enquanto se diz: Hoje, se ouvirdes a sua voz, não endureçais os vossos corações, como na provocação”. Hb 3.15



Ir. Márcio da Cruz
*frase da imagem de autoria do Pr. Jossy Soares
*Tetélestai é parte do artigo do Pr. Marcello de Oliveira, encontrado em: http://davarelohim.com.br/web/tetelestai-esta-consumado/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de preencher, um conselho: pense no que vai escrever. Pondere suas palavras. Respeito é tudo e inteligente.
Venha somar com seus comentários para que todos saiam ganhando.

Ir. Márcio Cruz