Rádio Hinos Inspirados


quarta-feira, 11 de setembro de 2013

A CONSTANTE LUTA PELA PUREZA DA NOIVA DO CORDEIRO - 1ª Parte



"...sabendo que estou INCUBIDO¹ para DEFESA² do evangelho"

Filipenses 1.16



¹κειμαι - Keimai: INCUBIDO (aqui), é a figura de uma sentinela no seu posto cumprindo a obrigação. No presente contexto pode ter um significado mais metafórico de estar destinado à defesa do evangelho (Charles F. Pfeiffer).

²απολογια - Apologia: DEFESA, uma defesa verbal, baseada em estudo meditativo apurado, sério e sólido para surtir o efeito desejado, ou seja, defender a sã doutrina e assim, salvar o rebanho do Mestre Galileu.


Em ambos os casos (Chamada e Batalha), faz-se necessário:

1. Maturidade
- espiritual, física e psicológica;

2. Compromisso - dar a vida pelo Reino;

3. Qualificação - saber bem o que que vai fazer ou está fazendo.


Abaixo, deixo para reflexão um breve texto do Pr. José Armando S. Cidaco:

"...o livro de Atos ensina-me que a Igreja de Cristo não lutava pela sobrevivência, mas por avivamento. Morrer não era o problema. O problema era a Igreja não estar viva. Folheemos as páginas de Atos, e não encontraremos os servos de Cristo fazendo a mínima questão de se manterem vivos. Para aqueles cristãos, era a obra que tinha de manter viva, ainda que para isso houvessem de morrer. Basta olharmos para homens como Pedro, João, Silas, Tiago, Estevão, Paulo e muitos outros. As perseguições não os fizeram recuar um passo sequer. A Igreja mantinha-se viva porque seus membros estavam dispostos a morrer pela continuidade da obra."


Em Cristo,

Ir. Márcio Cruz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de preencher, um conselho: pense no que vai escrever. Pondere suas palavras. Respeito é tudo e inteligente.
Venha somar com seus comentários para que todos saiam ganhando.

Ir. Márcio Cruz